18/06/14

Creepypasta dos Fãs: O Sono

De madrugada, enquanto o sono não vinha, queria que ele chegasse logo, mas agora me arrependo disso. 

Aproveito cada segundo que me resta, os segundos em que ainda conseguirei respirar...

Parece que não tenho escolha. Vou sentar em minha cama sem nada além de meu cobertor, e esperar que ele chegue.

Parece calmo, mas não o suficiente. Começo a estranhar, esse silencio definitivamente não é comum.

Sinto seu cheiro, um cheiro divino, porem traidor. Não entendo por que, mais parece estar ficando mais forte...
Escuto passos, chegando mais próximo, mas não é só isso. Agora sinto a vibração dele, sinto o peso com que ele chega.

Me escondo debaixo do cobertor, sinto um toque suave nas poucas partes que me restam fora dele, minha respiração agora ofegante. Com o canto do olho, vejo um rosto; sombrio, misterioso e macabro. Sem hesitar, já que não tenho mais nada a perder, pergunto a ele:

-Quem é você? O que veio fazer aqui?

-Olhe, não era você quem me queria aqui? Sou eu, o sono...

Autor: Gabriel Alberto de Sá


13 comentários: