23/07/14

Creepypasta dos Fãs: Meredith

Ela era uma garota doce. Sorriu pra mim ao atravessar a rua, como todos os dias, indo para seu colégio. Eu a cumprimentava diariamente com um sorriso tímido, sem motivo algum. Eu nem mesmo sabia seu nome, e esses sorrisos diários seguiram por meses.

Ela era tão doce, com seus cabelos ruivos lisos e olhos castanho-claros. A pele pálida, cheia de sardas, deveria ter seus doze ou treze anos.

Eu tinha catorze na época. E ela sorria para mim todos os dias de manhã, enquanto eu voltava da padaria e ela ia para seu colégio.

Ela era tão meiga. Ela não faria mal a ninguém.

Por um ano inteiro minhas manhãs receberam seu sorriso suave, e nos finais de semana, férias escolares e feriados meus dias pareciam incompletos por não poder tê-la sorrindo para mim logo cedo.

No primeiro sábado deste mês de abril eu resolvi, finalmente, bater á porta dela.

Eu só queria saber o seu nome.

"Boa tarde." sorri quando ela me atendeu. Ela sorriu de volta.

"Oh, olá." murmurou.

"Qual o seu nome?"

"Meredith."

Ela me lançou aquele meigo sorriso novamente, quando uma voz em aflição soou de dentro da casa. Eu não entendi o que a voz disse. Meredith me lançou um olhar de desculpas e, sem dizer mais nada, fechou a porta e entrou.

Meredith era tão doce. Meredith não poderia fazer mal à ninguém.

O final de semana se foi e, novamente, eu recebia um sorriso por dia. Ela não veio falar comigo.

Então, no sábado seguinte eu fui até sua porta novamente.

Eu a chamei para sair. E ela aceitou, me lançando aquele sorriso tão doce. Havia algo vermelho no canto de seus lábios, mas eu não me importei.

Eu estava tão feliz. Nós saímos muitas vezes.

Eu me apaixonei por Meredith. Meredith era tão meiga. Meredith não poderia fazer mal à ninguém.

Eu e Meredith começamos a namorar. Eu estava tão feliz. Namoramos por quatro anos, e quando ela completou seus dezoito anos de vida eu a pedi em casamento. E ela aceitou.

Eu estava muito feliz. Meredith era o amor da minha vida. Ela não poderia me fazer mal algum. Meredith não poderia fazer mal à ninguém.

Nós compramos uma bela casa. Estamos muito felizes, mas Meredith não sorri mais para mim. Na verdade, ela não tem trocado muitas palavras comigo nos últimos dias. Mas está tudo bem. Deve ser porque eu passo muito tempo trabalhando. Está tudo bem. Meredith era tão doce. Meredith não poderia fazer mal há ninguém.

Eu e Meredith tivemos uma briga hoje. Não lembro muito bem o que houve, acho que caí e bati a cabeça com o susto de quando ela me ameaçou com uma faca de cozinha. Ela estava tão nervosa, mas eu a perdoo. Quando acordei, Meredith me ignorava. Tentei tocá-la mas ela subiu as escadas e se trancou no banheiro.

Acho que Meredith não me ama mais. Eu cheguei mais cedo do serviço e havia outro homem com ela em nossa cama. Mas está tudo bem, eu a perdoo. Meredith não poderia me fazer mal. Meredith não poderia fazer mal à ninguém.

Hoje à noite eu encontrei o homem que estava com ela naquela noite. Ele tomava um café na padaria. Acho que eu o assustei, pois ele derramou o café todo em sua roupa e saiu desesperadamente até a rua em busca do seu carro. Ele me olhava apavorado enquanto arrancava para longe dali.

Voltei para casa. Meredith não troca mais nenhuma palavra comigo. Meredith me odeia, eu devo ser um péssimo marido. Isso está acabando comigo.

Meredith está deitada em nossa cama dormindo. Ela está dormindo abraçada à um corpo em decomposição. Eu não consegui identificá-lo, mas o cheiro era horrível, e algumas partes estavam faltando. 

Partes das pernas, da face, do abdomen. O corpo usava minha aliança de casamento em seu dedo anelar da mão esquerda. Olhei para os traços suaves e relaxados de minha esposa dormindo. Havia algo vermelho no canto de seus lábios, mas eu não me importava.

Meredith era tão doce. Ela não poderia me fazer mal algum. Meredith não poderia fazer mal à ninguém.

Autor: H.O. Kaori


13 comentários:

  1. N entendi, ela tinha herpes, e passava pra todos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não por que ela não fazia mal a ninguém

      Excluir
    2. acho que meredith era canibal... mas um doce de pessoa

      Excluir
  2. Acho que ta mais pra vampira canibal'-'

    ResponderExcluir
  3. Tem um estuprador na minha rua.
    Todo dia que eu vo comprar pão, vejo ele, e o comprimento com um sorriso colgate :B, Ele sorria para mim todos os dias com seus dentes sujos. (。♥‿♥。)
    Fui na casa dele, ele estava todo lambuzado de sangue, ele me estuprou, mas isso não importa, ele é tão doce, não faria mal a ninguem.


    ^ WTF?! ^ '-'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que importa é que ele jamais faria mal a ninguém :3

      Excluir
  4. Minha mulher também é assim, muito fofa.

    ResponderExcluir
  5. Acho que o cara já era um fantasma quando chegou em casa = P

    ResponderExcluir
  6. '~' Mas então.....ela não faria mal a ninguém....é meu amigo ta na hora de largar a maconha...

    ResponderExcluir
  7. O nome Meredith é alguma espécie de anagrama?

    ResponderExcluir
  8. Ele morreu quando bateu a cabeça e...e mas n é culpa da Meredith, ela n faria mal a ninguem kkkkk

    ResponderExcluir
  9. Meredith é tão meiga, Meredith não faria mal a ninguém, shuahsuahsua, isso pode virar meme.

    ResponderExcluir