29/07/14

Novo Éden

"Como vai ser viver em Marte, papai?"

O pai de Kelley sentou-se na extremidade da cama da filha, depois de ligar a luz noturna da menina.

"Ah meu bem, vai ser como dizem na TV - tudo aquilo e ainda mais. A NASA já fez uma série de viagens para lá que foram um sucesso, deixando homens e suprimentos para trabalho. Vai demorar um bocado, e é por isso que querem começar o mais rápido possível. Sabe o que eles estão fazendo, Kel?"

"Sim!" Kelley exclamou, os olhos brilhando de apreensão e fascínio.

"E o que é?"

"Uma colônia!" Ela exlamou. "A senhora Lyons explicou tudo pra gente na escola!"

"Ah, é mesmo?" O pai estava perplexo.

"Sim! Uma colônia é onde um monte de pessoas vão para viver em algum outro lugar. Ela também nos falou que Marte é o quarto planeta do sol, e que é vermelho e bem frio, mas quando as pessoas chegarem já vai estar tudo pronto para que a gente possa viver lá!" Ela respirou fundo.

"Nossa, isso é muito bom!" Ele respondeu, erguendo uma sobrancelha. "Acho que vai sentir falta da escola, não é?"

"Acho que sim". Pensativa, ela lembrou de todos os colegas e vizinhos de quem ela sentiria falta. Era provável que nunca mais os veria. Ela perguntou, em voz baixa: "Por que eles não podem ir com a gente, papai?"

Ele não respondeu.

"Por que só nós podemos ir?" ela insistiu.

"Não somos os únicos, querida, e você sabe disso". Ele falava com cuidado, escolhendo bem suas palavras.

"Papai, me diga por que ninguém de minha escola pode ir com a gente", ela perguntou. O pai rezava para não ter que responder aquela pergunta tão cedo.

Ele pigarreou. "Kelley, os caras da Eugenics Board dizem que nós somos as pessoas necessárias para o futuro da raça humana. Não pense que eles queriam deixar todos os outros para trás. Pense nisso como uma bênção para nós dois". Ele sorriu, alisando os cabelos da filha.

"Mas e a mamãe?" Ela olhou em seus olhos, esperando encontrar uma resposta. Por uma fração de segundo, ele quase vacilou, mas repreendeu sua opnião sincera. Não era a hora certa.

"Eu sei que vai demorar um pouco para se reacostumar, querida", ele falou lentamente, olhando para uma foto da família. "A mamãe entende o quanto... isso... é importante para nós, e James também entende. Nós temos muita sorte. Mamãe e James iriam querer que nós fôssemos. Pense assim, está bem?"

"E por que isso aconteceu?" Ela perguntou, e havia um sutil desapontamento em seu tom de voz.

"Bem, ia ser difícil de explicar", ele disse. "Mas muito tempo atrás, antes de meu pai nascer, antes do pai dele nascer, e antes mesmo do pai do pai dele nascer, as pessoas aprenderam a construir coisas gigantes usando os recursos da Terra. Eram coisas maravilhosas, que facilitam a nossa vida até hoje. Mas como o tempo, tudo começou a se extinguir".

"Como acontece numa plantação, mas sem que isso tudo cresça de volta?" Kelle perguntou. Era uma criança bastante inteligente.

"Isso. Bem, depois de muito tempo, nós, adultos, não aprendemos a lição. E agora precisamos recomeçar do zero. Eles o chamam de Novo Éden, Kelley. Vai ser um lugar bonito, e você vai fazer muitos amigos, e vai se tornar uma boa pessoa. E se alguém perguntar... Se alguém perguntar 'Como era a Terra?' você saberá responder?"

"Sim papai", ela respondeu ternamente. "Era um lugar muito bonito".

"Sim, Kelley. Era mesmo", o pai respondeu, a voz trêmula. Não sabia se Kelley havia ou não notado. "Por favor, durma. Amanhã vai ser um grande dia".

"Boa noite, papai".

"Boa noite, querida".

25 comentários:

  1. Alguém sabe o número do celular do Leon Leônidas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que caralhas tu quer meu número de telefone? '-'

      Excluir
    2. Alguem quer seu orifício anal

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Concordo com o Void, melhor cuidar bem desse cu.

      Excluir
  2. Masoq?
    A coisa mais próxima de ter sentido que pensei, com minha burrecência, é que só as crianças poderiam chegar à Marte. Talvez porque só crianças sobreviveriam a toda a viagem. Talvez porque os adultos fossem desnecessários para ter paz.

    Quem manja dos majamentos, por favor esclareça-me com suas manjações...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não só as crianças, parece que pessoas em aleatório foram escolhidas, ordenadas pela genética, etc. provavelmente porque o restante estava doente com poluição ou algo assim.

      No caso, foi só o pai e a filha dessa família, o resto é história (lolicon xD)

      Excluir
    2. Sim, é compreensível. Mas não explica a última frase:
      "Não sabia se Kelley havia ou não notado".

      Excluir
    3. Essa frase se refere a voz tremula do pai

      Excluir
    4. Agora que reli vi que vc está certa.
      A frase é um pouco estranha e não consegui interpretar direito.
      Obrigado o//

      Excluir
  3. Novo Éden lembra Bioshock Infinite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ia falar a mesma coisa. Alias Bioshock Infinite é um otimo game.

      Excluir
    2. Lembra também pelo fato de ser só pai e filha e tals

      Excluir
  4. Eu jurava q ia só pai dela e ela...
    ai pra repopular o planeta ele ia ter q istrupar ela....

    ResponderExcluir
  5. Hum... Deve haver algo nas entrelinhas, que não notamos...

    ResponderExcluir
  6. Mais q bosta foi essa('o') nota 1/10
    Ps:alguém entendeu?

    ResponderExcluir
  7. Também conhecido como Loli Valley = P

    ResponderExcluir
  8. Ok dai algem enconyra uma coroa magica e aprende a soltar gelo eles lançam uma bomba nuclear que chama lich os genes de todos sao modificados um reino se erge em cima de um monte de poluição,(rios radiotivos etc) e uma familoa de cães encontra um bebe humano na floresta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hora de Aventura , jovem ?
      Vc ta assistindo mto desenho animado '-'

      Excluir